Wishlist Natalina

Com o Natal e meu aniversário chegando (falta aproximadamente um mês!) é comum lidar com algumas perguntas como: o que você gostaria de ganhar? Está precisando de alguma coisa? Qual presente que você quer? É um pouco cansativo ter que responder tudo isso, às vezes, até fico com vergonha de pedir algo dependendo do parente. Então, para evitar esse tipo de situação, resolvi reunir nesse post a sugestão de alguns livros que eu gostaria de ler. Se você que está lendo esse post é um parente ou é um amigo próximo, fica aí a dica de alguns presentes que eu gostaria de ganhar!
1) A QUÍMICA, Stephenie Meyer
"Ela trabalhava para o governo americano, mas poucas pessoas sabiam disso. Especialista em seu campo de atuação, era um dos segredos mais bem guardados de uma agência tão clandestina que nem sequer tinha nome. E quando perceberam que ela poderia ser um problema, passam a persegui-la. A única pessoa em quem ela confiava foi assassinada. Ela sabe demais, e eles a querem morta. Agora ela raramente fica em um mesmo lugar ou usa o mesmo nome por muito tempo.
Até que um antigo mentor lhe oferece uma saída — uma oportunidade de deixar de ser o alvo da vez. Será preciso aceitar um último trabalho, e a única informação que ela recebe a esse respeito só torna sua situação ainda mais perigosa. Ela decide enfrentar a ameaça e se prepara para a pior batalha de sua vida, mas uma paixão inesperada parece diminuir ainda mais suas chances de sobreviver. Enquanto vê suas escolhas se evaporarem rapidamente, ela vai usar seus talentos como nunca imaginou.
Uma trama repleta de tensão, na qual Meyer cria uma heroína poderosa e fascinante, com habilidades diferentes de todas as outras, e prova mais uma vez por que seus livros estão entre os mais vendidos do mundo."

2) FANGIRL, Rainbow Rowell
"Cath é fã da série de livros Simon Snow. Ok. Todo mundo é fã de Simon Snow, mas para Cath, ser fã é sua vida e ela é realmente boa nisso. Vive lendo e relendo a série, está sempre antenada aos fóruns, escreve uma fanfic de sucesso e até se veste igual aos personagens na estreia de cada filme.
Diferente de sua irmã gêmea, Wren, que ao crescer deixou o fandom de lado, Cath simplesmente não consegue se desapegar. Ela não quer isso. Em sua fanfiction, um verdadeiro refúgio, Cath sempre sabe exatamente o que dizer, e pode escrever um romance muito mais intenso do que qualquer coisa que já experimentou na vida real.
Mas agora que as duas estão indo para a faculdade e Wren diz que não a quer como companheira de quarto, Cath se vê sozinha e completamente fora de sua zona de conforto.
Uma nova realidade pode parecer assustadora para uma garota demasiadamente tímida. Mas ela terá de decidir se finalmente está preparada para abrir seu coração para novas pessoas e novas experiências.
Será que Cath está pronta para começar a viver sua própria vida? Escrever suas próprias histórias?"

3) ANTES QUE EU VÁ, Lauren Oliver
"Samantha Kingston tem tudo: o namorado mais cobiçado do universo, três amigas fantásticas e todos os privilégios no colégio que frequenta: desde a melhor mesa do refeitório à vaga mais bem-posicionada do estacionamento. Aquela sexta-feira, 12 de fevereiro, que seria apenas mais um dia de sua vida mágica e perfeita, acaba sendo seu último — mas ela ganha uma segunda chance. Sete “segundas chances”, na verdade. Ao reviver aquele dia vezes seguidas, Samantha vai tentar desvendar o mistério que envolve a própria morte – e, finalmente, descobrir o verdadeiro valor de tudo o que está prestes a perder.
Para comemorar a chegada do filme ao cinema, essa edição especial conta com dois contos inéditos que exploram a vida de Samantha antes dos acontecimentos do livro, fotos de bastidores e uma entrevista da autora com a diretora e a protagonista do filme."

4) SÓ OS ANIMAIS SALVAM,Ceridwen Dovey
"Nós, humanos, nos achamos o máximo. Mas o que temos feito com o nosso mundo? "Só os Animais Salvam" é um livro que tenta responder a essa pergunta de maneira inusitada. Cada um de seus contos é uma fábula moderna, narrada por um bicho diferente, vítima de uma de nossas incontáveis guerras. Em meio ao caos, os animais conseguem encontrar esperança e inspiração numa das atividades mais significativas que nossa espécie já criou: a literatura. Ceridwen Dovey reúne fragmentos e personagens da obra de escritores imortais e nos faz sonhar o sonho dos inocentes. Só os animais salvam."

5) MITOLOGIA NÓRDICA, Neil Gaiman
"Neil Gaiman tem sido inspirado pela mitologia antiga na criação dos reinos fantásticos de sua ficção. Agora ele volta sua atenção para a fonte, apresentando uma versão bravura das grandes histórias do norte.
Na mitologia nórdica, Gaiman permanece fiel aos mitos ao prever o maior panteão dos deuses nórdicos: Odin, o mais alto dos altos, sábios, ousados ​​e astutos; Thor, filho de Odin, incrivelmente forte, mas não o mais sábio dos deuses; E Loki-filho de um irmão de sangue gigante para Odin e um malandro e insuperável manipulador.
Gaiman modela essas histórias primitivas em um arco romântico que começa com a gênese dos nove mundos lendários e mergulha nas façanhas de deidades, anões e gigantes. Uma vez, quando o martelo de Thor é roubado, Thor deve disfarçar-se como uma mulher - difícil com sua barba e enorme apetite - para roubá-lo de volta. Mais pungente é o conto em que o sangue de Kvasir - o mais sagaz dos deuses - se transforma em um hidromel que infunde bebedores com poesia. O trabalho culmina em Ragnarok, o crepúsculo dos deuses e o renascimento de um novo tempo e de pessoas.
Através da prosa hábil e espirituosa de Gaiman surgem esses deuses com suas naturezas ferozmente competitivas, sua susceptibilidade a ser enganados e enganar os outros e sua tendência a deixar a paixão inflamar suas ações, fazendo com que esses mitos há muito tempo respirem uma vida pungente novamente."

6) A SORTE DO AGORA, Matthew Quick
"Bartholomew Neil passou todos os seus quase 40 anos morando com a mãe. Depois que ela fica doente e morre, ele não faz ideia de como viver sozinho. Wendy, sua conselheira de luto, diz que Bartholomew precisa abandonar o ninho e fazer amigos. Mas como um homem que ficou a vida toda ao lado da mãe pode aprender a voar sozinho? Bartholomew então descobre uma carta de Richard Gere na gaveta de calcinhas da mãe e acredita ter encontrado uma pista de por quê, afinal, em seus últimos dias a mãe o chamava de Richard... Só pode haver alguma conexão cósmica! Convencido de que Richard Gere vai ajudá-lo, Bartholomew começa essa nova vida sozinho escrevendo uma série de cartas altamente íntimas para o ator. De Jung a Dalai Lama, de filosofia a fé, de abdução alienígena a telepatia com gatos, tudo é explorado nessas cartas que não só expõem a alma de Bartholomew, como, acima de tudo, revelam sua tentativa dolorosamente sincera de se integrar à sociedade. Original, arrebatador e espirituoso, A sorte do agora é escrito com a mesma inteligência e sensibilidade de O lado bom da vida. Uma história inspiradora que fará o leitor refletir sobre o poder da bondade e do amor."

7) GAROTO 21, Matthew Quick
"Repetir um movimento várias e várias vezes ajuda a clarear a mente uma lição que Finley aprendeu muito cedo, nas quadras de basquete. Numa cidade comandada pela violência do tráfico e da máfia irlandesa, vestir a camisa 21 e dar o sangue em quadra é sua válvula de escape.
Vinte e um também é o número da camisa de Russ, um gênio do basquete. Ou pelo menos era. Recém-chegado à cidade de Bellmont depois de ter a vida virada de cabeça para baixo por uma tragédia, a última coisa que ele quer é pegar de novo numa bola.
Russ está confuso, parece negar o que lhe aconteceu e agora se autointitula um alienígena de passagem pela Terra. Finley recebe a missão de ajudá-lo a se recuperar e, para isso, precisará convencê-lo a voltar a jogar, mesmo sob o risco de perder seu lugar como estrela do time.
Contra todas as probabilidades, Russ e Finley se tornam amigos e, por mais estranho que pareça, a presença de Russ poderá transformar a vida de Finley completamente. Uma emocionante história sobre esperança, amizade e redenção, com a prosa sensível e inteligente de Matthew Quick."

8) A GEOGRAFIA DE NÓS DOIS, Jennifer E. Smith
"Lucy mora no vigésimo quarto andar. Owen, no subsolo... E é a meio caminho que ambos se encontram - presos em um elevador, entre dois pisos de um prédio de luxo em Nova York. A cidade está às escuras graças a um blecaute. E entre sorvetes derretidos, caos no trânsito, estrelas e confissões, eles descobrem muitas coisas em comum. Mas logo a geografia os separa. E somos convidados a refletir... Onde mora o amor? E pode esse sentimento resistir à distância? Em A Geografia de Nós Dois, Jennifer E. Smith cria tramas cheias de experiências, filosofia e verdade."

9) ATRAÍDA POR UM HIGHLANDER, Maya Banks
"Ewan, o mais velho dos irmãos McCabe, é um guerreiro decidido a destruir o seu inimigo. Agora que o momento é ideal para a guerra, os seus homens estão preparados e Ewan quer reaver aquilo que lhe pertence - até que uma tentação de olhos azuis e cabelo negro se atravessa no seu caminho. Mairin pode muito bem ser a salvação para o clã de Ewan, mas, para um homem que sonha com vingança, as questões do coração são um território desconhecido a conquistar.
Mairin é filha ilegítima do rei e é senhora de propriedades valiosas que a obrigaram a esconder-se e a desconfiar do amor. Os seus piores receios acabam por acontecer quando é salva do perigo mas depois obrigada a casar com o seu salvador, Ewan McCabe, um homem carismático que está habituado a mandar. Mas a atração que sente pelo seu novo marido fá-la desejar o seu toque; o seu corpo ganha vida com a mestria sensual dele. E à medida que a guerra se aproxima, as forças, o espírito e a paixão de Mairin obrigam Ewan a derrotar os seus próprios fantasmas e a entregar-se a um amor que significa mais do que a vingança e a terra."
  • Share

Resenha: O Presente do Meu Grande Amor

Título: O Presente do Meu Grande Amor
Autor(a): Stephanie Perkins, Rainbow Rowell, Kelly Link, Matt de la Peña, Jenny Han, David Levithan, Holly Black, Gayle Forman, Myra McEntire, Kiersten White, Ally Carter e  Laini Taylor
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 352
Classificação: 4/5
ComprarAmazon

O Natal é uma das minhas épocas preferidas do ano, e eu não poderia deixar essa data passar em branco aqui no blog. Então, como forma de comemorar optei por escrever a resenha de um livro muito amorzinho que eu li há alguns anos atrás (indicação da minha amiga Laura, do Nostalgia Cinza. Ela sempre dá ótimas indicações de livros). Espero que vocês gostem da resenha e continuem acompanhando essa programação natalina que vai ter aqui no blog (sim, vão ter mais posts relacionados ao Natal)!

"Se você gosta do clima de fim de ano e tudo o que ele envolve, presentes, árvores enfeitadas, luzes pisca-pisca, beijo à meia-noite, vai se apaixonar pelo livro. Nestas doze histórias escritas por alguns dos mais populares autores da atualidade, há um pouco de tudo, não importa se você comemora o Natal, o Ano Novo, o Chanucá ou o solstício de inverno. Casais de formam, famílias se reencontram, seres mágicos surgem e desejos impossíveis se realizam. O pessimismo não tem lugar neste livro, afinal o Natal é época de esperança."

O livro "O Presente do Meu Grande Amor" é composto por 12 contos, escritos por 12 autores diferentes e cada um deles aborda as comemorações do fim de ano, como o Natal, o ano novo e até mesmo o Hanukkah. E como eu sou uma grande fã de contos, não podia perder a oportunidade de ler esse livro!

MEIAS-NOITES, Rainbow Rowell
Esse conto narra a história de Mags e Noel, os dois se conheceram em uma festa de ano novo e desde então eles vivem se encontrando nessa mesma data. Uma enorme coincidência, não? Os dois formam uma combinação um puco estranha: Noel é alérgico a morango, kiwi, nozes e frutos do mar; já Mags adora dançar, é mais reservada e sempre está pronta para salvá-lo dos alimentos que causam alergia. E a cada ano que se passa, a cada reencontro, surge a esperança de um beijo durante a virada, porém nem sempre conseguimos perceber que alguém muito próximo da gente possa nutrir um interesse a mais.

“Se você gosta de alguém, tem que fazer um esforço. Tem que conhecer a pessoa, se empenhar para conseguir esse primeiro beijo.”

A DAMA E A RAPOSA, Kelly Link
Esse é um conto mais lúdico e que divide a opinião de alguns leitores: ou você ama ou odeia, com ele não existe um meio termo. Nesse conto acompanhamos Miranda, que sempre passa seu ano novo na casa dos Honey Well. Porém, em um desses anos ela conhece, de maneira inesperada, Felly. Ele é um jovem repleto de regras e que só aparece quando neva. Quando um novo sentimento começa a surgir, Miranda está decidida que precisa conhecê-lo melhor, assim como desvendar alguns de seus segredos.

“Todos amamos e todos perdemos, e continuamos amando do mesmo jeito.”

ANJOS DA NEVE, Matt de la Peña
Natal muitas vezes costuma a ser sinônimo de festas, união e muita companhia, mas esse não é o caso de Shy, um rapaz que fica sozinho no apartamento de seu chefe durante o feriado. Tudo começou quando ele aceitou cuidar de Olive, a gata de seu chefe. Em tese era para ser uma tarefa simples, sem muitas complicações, mas ao notar que está sem nenhum recurso, que os armários estão vazios e que uma nevasca o impede de sair na rua, a situação parece se complicar. As chances de aquele ser o pior Natal do mundo são grandes, afinal Shy está passando o Natal sozinho (exceto com a companhia da gata) e não tem nada para comer, mas uma visita inesperada pode mudar o curso dessa noite.

“− Uma pergunta: você preferiria ser excelente em algo de que gosta ou apenas boa em algo que ama?”

ENCONTRE-ME NA ESTRELA DO NORTE, Jenny Han
Natalie pode se considerar uma garota sortuda, pois ela foi adotada pelo Papai Noel. Quem não gostaria de viver junto dele no Polo Norte e com a companhia dos duendes? Contudo, apesar de todos os pontos positivos de sua vida, Natalie sabe que ela é diferente, afinal de contas ela é uma humana, e as coisas não se tornam mais fáceis quando ela percebe que nute uma paixonite secreta por seu Flynn, que é um duende e seu melhor amigo.

“− Como é que você sempre encontra um jeito de conseguir o que quer? − Antes que eu diga alguma coisa, ele acrescenta: − Não responda. Apenas... feche os olhos.

É UM MILAGRE DE YULE, CHARLIE BROWN, Stephanie Perkins
Marigold é uma jovem que vive junto de sua mãe em um apartamento lotado de coisas e não vê a hora de se mudar novamente, e sua grande esperança para realizar os seus sonhos é o seu canal no YouTube. Ela publica curtas de animação de comédia em seu canal, e como o seu sucesso está aumentando a cada dia ela acredita que logo irá atrair atenção de algum dos muitos estúdios de Atlanta. Marigold sempre conta com a ajuda de seus amigos quando precisa de vozes para seus curtas, mas, durante uma venda de árvores naturais para o Natal, ela se encanta com a voz de North. Ele seria perfeito para um de seus curtas, ou melhor, a voz dele. Mas como abordar alguém que ela não conhece? Esse vai ser um desafio e tanto.

“E a raridade que a torna especial.”
PAPAI NOEL POR UM DIA, David Levithan
Quando se ama alguém é preciso fazer alguns esforços e sacrifícios, certo? Com isso em mente que Connor pede ajuda de seu namorado, que é judeu para se fantasiar de Papai Noel, afinal de contas isso é algo muito importante para sua irmã mais nova, além de preservar a ingenuidade infantil dela. Inicialmente o namorado de Connor não gosta muito da ideia, ele acredita que não vai conseguir interpretar muito bem o papel do bom velhinho. Mas, em nome no amor as pessoas são capazes de fazer certas coisas, o que inclui se fantasiar de Papai Noel. Porém, se vestir de Papai Noel não é uma tarefa simples como ele havia imaginado, acabou se tornando uma missão cheia de contratempos.

“Estou com medo de estar apaixonado, porque isso envolve tanta coisa.”

KRAMPUSLAUF, Holly Black
Penny era a namorada de Roth, ou era assim que ela pensava até descobrir que ele estava se encontrando com uma outra garota. A traição de seu namorado e o tratamento do pessoal da Escola Mossley, faz com que Penny e suas amigas decidam fazer uma festa de ano novo e convidá-los. Essa seria a oportunidade perfeita para desmascarar o traidor do Roth na frente de todos. Contudo, a chegada de um estranho garoto fantasiado de Kampus, o companheiro demoníaco do Papai Noel, pode mudar o rumo dos acontecimentos.

“Eu queria que as coisas fossem diferentes do habitual. Queria distorcer a realidade.” 

O QUE DIABO VOCÊ FEZ, SOPHIE ROTH?, Gayle Forman
Sophie é uma garota que deixou New York, a cidade que nunca dorme, para estudar em uma universidade campestre e essa mudança de ambiente pode ser mais significativa do que ela havia imaginado. Ela não consegue se adaptar direito, é considerada como uma estranha, está cansada de sempre se desculpar e não poder ser irônica. Os meses se passam e faltando poucos dias para voltar para casa ela conhece Russell, um garoto que parece ser treinado par irritá-la. Porém, depois de muita conversa eles percebem que tem mais coisas em comum do que imaginam, ele parece ser o único daquele lugar que a compreende.

“Sophie se perguntou quando ela enfim aprenderia que muitas coisas parecem uma boa ideia, mas que uma pequena análise pode revelar que tais ideias boas na aparência são, na verdade, intrinsecamente falhas.”

BALDES DE CERVEJA E MENINO JESUS, Myra McEntire
Vaughn pode ser considerado como um rapaz de péssima reputação e isso apenas aumenta após ele botar fogo no celeiro da igreja. Como forma de tentar reparar o seu erro, ele é obrigado a trabalhar voluntariamente para reconstruir tudo que tinha sido perdido; era isso ou ir para a cadeia. E com o passar do tempo, mesmo sabendo que não deve, ele começa a se envolver com Grace, a única que o trata com simpatia e que também é filha do pastor. Quando chega a tão aguardada peça, vários imprevistos ocorrem e o garoto encrenqueiro faz de tudo para ajudar a salvar o dia.

“Se deixamos um único acontecimento da nossa vida nos definir, tudo o que precisamos para mudar as coisas, se queremos mudar as coisas, é de outro acontecimento.”

BEM VINDO A CHRISTMAS, CALIFÓRNIA, Kiersten White
Existem algumas cidades ao redor do mundo chamadas Christmas e em uma delas mora uma garota chamada Maria. Meio clichê, não é? Maria é uma jovem que trabalha na lanchonete de seus pais e como se trata de um negócio familiar ela não recebe salário, o que aumenta a sua vontade/plano de se formar e ir embora. Todo dinheiro que ela possuiu são a gorjetas que recebe dos clientes. E quando seus pais decidem contratar Ben, o novo cozinheiro, ele a surpreende por cozinhar sem os pedidos, é como se adivinhasse o que cada cliente deseja. Inicialmente a relação deles não é a mais amigável de todas, mas o passar do tempo faz com que Maria passe a olhar para o cozinheiro com outros olhos. A presença de Ben faz o coração da jovem bater mais forte e isso levanta uma dúvida: ela ainda quer ir embora ou finalmente encontrou o seu lar?

“— Se eu sou um biscoito de gengibre, você é uma caneca de chocolate quente. Faz a gente agradecer por noites frias como esta.”

ESTRELA DE BELÉM, Ally Carter
O começo desse conto se passa em um aeroporto onde Hulda está para tentar trocar suas passagens. Ela deseja desesperadamente viajar para New York, mas, infelizmente, não há mais lugares disponíveis. Durante toda essa confusão de conseguir novas passagens, Liddy estava observando tudo quando decidiu agir: ela aceitou trocar sua passagem com a de Hulda, ou seja, isso significa que ela agora vai viajar para um destino completamente novo e parece não se importar com os detalhes. Ao chegar no novo destino, Liddy se depara com uma situação inesperada, mas não há nada que ela possa fazer exceto entrar no jogo. Depois de alguns dias vivendo em um novo lugar, com uma nova família, a moça começa a se sentir culpada por suas mentiras e não acredita que seja correto continuar agindo de maneira tão errada.

“— Quando tudo o que você quer é ir embora, qualquer passagem serve.” 

A GAROTA QUE DESPERTOU O SONHADOR, Laine Taylor
Na Ilha das Penas os homens têm o costume de presentear suas pretendentes durante todos os vinte quatro dias do Advento, e caso uma pretendente não aceite o compromisso, ela deve deixar uma flor morta no lugar do presente. Neve já tinha sofrido muito com a perda de Ivan e Jathry, os gêmeos e, ainda por cima, ela não se sente feliz e satisfeita com a maneira que ela anda levando sua vida. Sem demostrar nenhum interesse pelos rapazes da ilha, Neve morre de medo de se depara com algum presente deixado pelo reverendo, um homem extremamente desprezível que já perdeu três mulheres. Infelizmente, o medo de Neve acaba se tornando realidade e em uma medida extrema ela recorre a Wisha, também conhecido como Sonhador, um ser que todos da ilha evitam, mas é o único que pode ajudá-la.

“Eles tinham outras coisas a fazer: todas as coisa. Todas, sonhadas e não sonhadas, nos quatro cantos do mundo.

Por ser um livro de contos escrito por vários autores é normal se deparar com características diferentes, afinal de contas cada autor possui um estilo diferente, cada um tem uma marca diferente. Porém, apesar das diferenças entre alguns contos, de uns sobressaírem a outros. "O Presente de Um Grande Amor" é um livro tocante de se ler, ele consegue reunir a magia presente no Natal, da alegria e da união das festas de final de ano. É um livro muito amorzinho que consegue transmitir todos esses sentimentos e sensações. Então, se você está procurando uma leitura que combine com esse clima de dezembro essa leitura é a escolha perfeita, mais do que obrigatória.
  • Share

Resenha: Isla e o Final Feliz

Título: Isla e o Final Feliz
Autor(a): Stephanie Perkins
Editora: Intrínseca 
Número de páginas: 304
Classificação: 4/5
ComprarAmazon 

Os livros da Stephanie Perkins fizeram parte da minha adolescência, tanto é que uma das primeiras resenhas aqui no blog foi sobre uma de suas obras. Depois de tantos anos sem ler nada dela, exceto por alguns contos, senti uma vontade nostálgica de terminar algo que eu tinha começado: a trilogia Anna, Lola e Isla. Então, depois de vários anos eu decidi comprar o exemplar de "Isla e o Final Feliz" o último livro que faltava para eu terminar essa trilogia. 

"Tímida e romântica, Isla tem uma queda pelo introspectivo Josh desde o primeiro ano na SOAP, uma escola americana em Paris. Mas sua timidez nunca permitiu que ela trocasse mais do que uma ou duas palavras com ele, quando muito. 
Depois de um encontro inesperado em Nova York durante as férias envolvendo sisos retirados e uma quantidade considerável de analgésicos, os dois se aproximam, e o sonho de Isla finalmente se torna realidade. Prestes a se formarem no ensino médio, agora eles terão que enfrentar muitos desafios se quiserem continuar juntos, incluindo dramas familiares, dúvidas quanto ao futuro e a possibilidade cada vez maior de seguirem caminhos diferentes. Com participações de Anna, Étienne, Lola e Cricket, personagens mais do que queridos pelo público apresentados em livros anteriores da autora, Isla e o final feliz é uma história de amor delicada, apaixonante e sedutora, um desfecho que vai fazer os fãs de Stephanie Perkins suspirarem ainda mais."

Quem nunca sonhou em ter a oportunidade de puxar conversa com o crush ao invés de só ficar observando? Esse é o caso da jovem Isla (lê-se Aila), uma garota que está no último ano do colegial e que sempre foi apaixonada por Josh, porém o garoto nunca pareceu notá-la pelos corredores da escola onde estudam, na escola americana em Paris. Durante as férias de verão algo inesperado acontece, Isla se encontra com Josh em uma cafeteria em Nova York e aquele parece o momento ideal para se aproximar dele, para finalmente conversarem.

Essa até que poderia ser uma ótima ideia se ela não estivesse dopada de analgésicos. O primeiro contato de Isla com o garoto de seus sonhos não sai da maneira que ela imaginava, mas, pelo menos ele havia a notado. A jovem passou o restante das férias pensando naquele encontro e o que ele significava, se isso poderia significar algo em seu destino ou se foi algo simplesmente aleatório e que não teve nenhum significado para Josh.

"Sempre peguei muito pesado comigo mesma. Mas não é melhor ser realista em relação a essas coisas antes que outra pessoa use isso contra você? Antes que alguém machuque você? Não é melhor que você mesmo faça isso? Sempre pensei que ser realista faz as pessoas serem mais fortes".
É durante a volta as aulas, na escola americana em Paris, que os dois tem a oportunidade de conversar sobre aquele encontro um pouco embaraçoso que tiveram em Nova York. Vai se tornando evidente que Josh também nutre alguns sentimentos por Isla, de maneira que não demora para eles engatarem em uma relação. Porém, nem tudo é um mar de flores: as regras da escola estão cada vez mais rígidas, então conseguir um tempo a sós e com um pouco de privacidade parece ser praticamente impossível para o mais novo casal; o histórico de Josh conta com algumas detenções, de forma que ele precisa andar na linha caso não queira ser expulso do colégio e, além disso, Isla tem de lidar com os problemas que envolvem Kurt, que é seu melhor amigo e quase-irmão.

Estar em um relacionamento nunca é fácil, é preciso de muito amor e paciência para lidar com os obstáculos que vão surgindo ao longo do caminho. Essa é uma lição que Isla e Josh vão aprender durante o tempo em que passam juntos, mas será que somente isso é necessário para mantê-los juntos ou eles vão decidir facilmente dessa relação?

"Josh me disse que eu nunca vou sabe quem eu sou se não me arriscar. Pedir desculpas seria um risco, rastejar seria um risco, implorar pelo perdão dele, de joelhos, seria um risco. O que foi que eu fiz? Eu o amo. É claro que o risco vale a pena."

Se você veio a procura de um livro revolucionário e que pode revolucionar o mundo, sinto te decepcionar, mas esse não é o livro. "Isla e o Final Feliz" é um desses típicos livros chick-it clichês e que tem um final previsível. Isso não parece muito animador, certo? Porém, ele é o livro perfeito caso você esteja à procura de um romance que te faça sorrir ao terminar de ler, que aqueça um pouco o seu coração. Nem sempre ser um clichê é ruim, e esse é o caso de "Isla e o Final Feliz".

Existe algo na escrita da Stephanie Perkins que me conquistou durante a leitura, como eu estava morrendo de saudades de seus trabalhos. Foi uma verdadeira nostalgia estar em contato com algo que fez parte da minha adolescência. E não se engane pensando que a narrativa só gira em torno do casal Isla e Josh, não aprofundando nos outros personagens. Durante a leitura tive a oportunidade de conhecer mais sobre a família de Isla, principalmente sobre sua irmã mais nova: Hattie. A autora também aprofunda bastante na vida de Kurt, um personagem bem diferente e que conquista o público com o seu jeito único.

E uma coisa que eu amei foi a aparição de personagens antigos: Anna e Étienne (Anna e o Beijo Francês) e Lola e Cricket (Lola e o Garoto da Casa ao Lado), isso foi como uma verdadeira viagem no tempo. Foi com grande maestria que a Stephanie conseguiu encerrar essa trilogia, eu não teria sido capaz de pensar em algo melhor!
  • Share